Fome de Afeto

“Você tem fome de que? A gente não quer só comer, a gente quer prazer para aliviar a dor (…) (…) Você tem fome de que?” Titãs

Cada vez mais percebemos a comida como saciador de algo, que definitivamente não é de fome.Temos necessidade de comer para aplacar sensações de desconforto, seja ela de que origem for.Saudades, solidão, cansaço, raiva, angústia, tristeza. Posso citar várias, dos inúmeros relatos que ouço diariamente de meus pacientes. Mas fica a questão: O que faço com isso? Como identificar esses comportamentos que me agridem? Sim, pois ao comer sem ter fome, e sim por necessidade de aplacar sentimentos desagradáveis, comemos sem pensar. Nem percebemos a quantidade da comida ingerida, que na maioria das vezes são de alimentos calóricos e pobres em vitaminas.A situação é séria, pois podemos comer até não agüentarmos mais. Empanturramos-nos de comida, até que na sensação de desconforto desapareça (inútil, pois não se resolveu nada), mas a sensação é de satisfação, mesmo que momentânea. Começam a ocorrer verdadeiras orgias alimentares, ataques noturnos a geladeira, e muitas vezes seguidos de vômitos forçados.Agora é a vez da sensação de culpa aparecer, mostrar a cara, e desmascarar o que quer tanto tapar, para assim não enxergar. Podemos sim, reconhecer os mecanismos que disparam nosso desejo de comer compulsivamente, e passar a assumir o controle sobre o desejo, podendo descobrir outras maneiras de superar essas emoções, sem utilizar a comida como compensador.A gente tem fome sim, de afeto, carinho, beijos, colo, amizade, calor, satisfação, companhia, prazer, sim, temos necessidade de coisas ou situações que nos dá segurança, conforto, auto-estima. É importante desenvolver a percepção de nossos comportamentos. Parar para pensar no porque de certas atitudes, do porque precisamos nos sentir tão plenamente preenchidas pela comida.Que buraco é esse que não estou conseguindo tapar, olhar, cuidar, resolver…Comida é para nutrir, não para engordar. “Comida serve para nutrir, dar prazer, não para engordar e trazer culpa” Fabiana Borrego

Matéria cedida gentilmente pela competente Silvia Luciana Kotaka – Psicóloga Clínica http://www.comportamentomagro.com.br

Posted in Alimentação Saudável, Educação Alimentar, Uncategorized | Tagged , , , , | Leave a comment

Atum

Este peixe de águas frias e profundas é um grande amigo do coração. Ele possui componentes, os ácidos graxos insaturados (ômega-3), que tiram de circulação substâncias pra lá de perigosas para a saúde das artérias, no quesito ácido graxo ele só perde para o salmão. O atum garante também bom aporte de ferro, mineral encarregado de uma missão nobre: dar um chega pra lá na anemia.

O ômega-3 também é de extrema valia para os diabéticos, pois melhora a atuação da insulina, hormônio fabricado pelo pâncreas e capaz de tirar o açúcar da circulação sanguínea.

O atum também é fonte de cálcio, mineral essencial para os ossos e de vitamina D, que ajuda o organismo a aproveitar melhor o mineral. Para as gestantes, este alimentos é obrigatório, isso porque suas moléculas contribuem para o desenvolvimento do feto e diminuem o risco de o bebê nascer com baixo peso.

Quanto consumir?

Coma o peixe fresco à vontade, a versão enlatada também vale, mais opte pelos conservados em água para não haver disputa com o ômega-3 com o óleo vegetal utilizado na conserva.

100g de atum cozido o que equivale a uma posta pequena do peixe tem…

133 Kcal

Ômega-3 2,82g

Posted in Alimentação Saudável, Educação Alimentar | Tagged , , , , | Leave a comment

Como anda a higiene na sua cozinha?!

Por Fabiana Borrego

Além de uma alimentação saudável é importante ficarmos atentos à higiene dos alimentos e dos lugares onde são manipulados.

No verão é muito comum os turistas apresentarem intoxicação alimentar, por consumirem alimentos que foram preparados sem nenhum cuidado quanto à higiene. A praia é um lugar onde podemos observar vários problemas relacionados à esse fator.  O mesmo cuidado deve-se ter na cozinha de casa.

Toda vez que consumirmos alimentos crus, como saladas e frutas, devemos higieniza-los, é bem fácil e muito importante para a segurança de nossa saúde. Esses alimentos devem ficar, depois de lavados em água corrente de molho em solução clorada, por 15 minutos, que pode ser feita com 1 litro de água e 1 colher de sopa de água sanitária de uso geral, ou então, em supermercados já existem soluções para esse tipo de procedimento. Depois é só enxaguar e consumir tranquilamente. Muitas pessoas ainda acreditam que o vinagre higieniza os alimentos, somente a solução clorada tem essa função.

Outra coisa que devemos evitar é guardar os alimentos em panelas na geladeira ou então deixar no forno ou sobre o fogão. Todo alimentos depois de manipulado deve ser armazenado sob refrigeração em recipientes plásticos ou de vidro.

Alimentos expostos à temperatura ambiente estão mais sujeitos a contaminação e proliferação de microrganismos.

Importante também é observar a data de validade dos alimentos industrializados depois de aberto, essa validade é diferente daquela que vem estampada ao lado da data de fabricação, geralmente essa informação encontra-se no próprio rótulo, por exemplo, um leite em pó, após aberto deve ser consumido em no máximo 30 dias, portanto fique atenta.

Durante a compra observe sempre a validade, se a embalagem está integra se odor está característico do alimento (no caso de carnes, peixes e frango) e se a cor e a consistência estão normais.

E claro que não podemos esquecer a higiene pessoal na hora de manipular os alimentos, lavar sempre as mãos com sabonete neutro e se possível desinfetar com álcool 70%, a utilização de luvas descartáveis pode ser feita desde que sejam trocadas em cada mudança de tarefa, é comum observar em estabelecimentos comerciais os manipuladores usarem luvas e não as tirarem para nada, isso é errado. Sempre em uma cozinha é importante cabelos presos e unhas sem esmaltes, ninguém vai querer comer um lasca do seu lindo esmalte vermelho.

Esses cuidados fazem toda a diferença na hora do consumido dos alimentos, seja em casa ou rua. A segurança alimentar começa com uma refeição saudável e livre de intoxicação.

 

Posted in Alimentação Saudável | Tagged , , , | 2 Comments

Chá de Hibiscus

Você já ouviu falar?! Delicioso e lindo o chá de hibiscus nos trás muitos benefícios, além do prazer de beber.

O chá age como um poderoso antioxidante no combate a presença dos radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce e auxilia na diminuição das taxas de triglicerídeos, colesterol e glicose da corrente sanguínea.

Assim como o chá verde é um grande auxiliar na perda de peso, além de ser rico em mucilagens que auxiliam no transito intestinal. O chá de hibiscus tem antocianinas e pigmentos flavonóicos como o vinho tinto.

Para que seus benefícios sejam melhor aproveitados é importante consumir pelo menos 4 vezes dia e para ficar ainda mais gostoso, acrescente rodelas de laranja ou cravo, sirva bem gelado, muito refrescante para o calor.

Eu ainda estou curiosa para desenvolver algumas receitinhas deliciosas que tenham como base esse chá. Hummmmm, depois conto para vocês!

Posted in Alimentação Saudável, Educação Alimentar | Tagged , , , | Leave a comment

Receitinhas de sopas deliciosas

Não é mais inverno, mas o friozinho continua, que tal uma sopinha deliciosa para o jantar! E o melhor é que são light =)

Sopa de cebola

Ingredientes

1 colher de sobremesa azeite

sal a gosto

1 dente de alho

4 xícarade caldo de galinha caseiro

6 cebolas médias cortadas em rodelas finas

½ xícara de leite desnatado

1 colher de sopa de farinha de trigo

1 folha de louro

½ xícara de creme de leite light

1 colher de sobremesa de tomilho

2 colheres de sopa de queijo cottage

Modo de Preparo

Em uma panela grande, aqueça o azeite e refogue o alho, a cebola, a folha de louro, o orégano e o sal. Refogue por 15 minutos em fogo alto, mexendo de vez em quando. Junte o caldo e cozinhe por mais 15 minutos. Retire a folha de louro e acrescente o leite misturando com a farinha, cozinhe por mais 5 minutos. Por ultimo, coloque o creme de leite (não deixar ferver).Coloque em tigelas refratárias e polvilhe o queijo cottage. Rendimento 4 porções = 149 Kcal por porção

Sopa de tomate com arroz

Ingredientes

1 colher de sobremesa de azeite

1 xícara de arroz integral bem cozido

1 ½ dente de alho picado

1 raminho de manjericão

½ cebola picada

900 ml de caldo de legumes caseiro

3 tomates bem maduros sem pele e sem semente

sal a gosto

Modo de preparo

Em uma panela refogue os tomates, o alho e a cebola com o azeite. Tempere com o sal. Coloque um pouco de água, tampe a panela e deixe cozinhar de 5 a 10 minutos em fogo brando. Desligue e espere esfriar. Bata no liquidificador com os 900 ml de caldo de legumes, o arroz e o manjericão. Volte ao fogo e deixe ferver bem. Rendimento 4 porções =129 Kcal por porção

Posted in Receitas | Tagged , , , , | Leave a comment

Puxa vou sair com os amigos! O que comer?!

Quanto estamos de dieta, não podemos esquecer da nossa vida social! Nada pior do que ser socialmente chata com a alimentação, por isso eu e a minha querida estagiária Amanda Teixeira preparamos algumas dicas do que pedir no barzinho, pizzaria, fast food, etc.

 

 

 

Aproveitem!

Nas praças de alimentação de shoppings:

Prefira os restaurantes por quilo, e procure ocupar metade de seu prato com verduras e legumes, um quarto com arroz e feijão, e um quarto com um filé de peixe, frango ou carne. Prefira grelhados e assados e evite frituras.

Quem disse que toda salada e ruim? Nos shoppings geralmente existem restaurantes onde você pode montar a sua salada. Assim, você pode comer uma salada colorida, variada, nutritiva e muito Pgostosa, com pouquíssimas calorias. E ela ainda acaba com a fome!

Caso você vá uma lanchonete:

Procure não ir mais de 2 vezes por mês.

Peça também uma porção de salada, assim as fibras das folhas ajudam a eliminar um pouco da gordura consumida, mas cuidado com os molhos prontos, pois são extremamente calóricos.

Tente pedir as porções menores de batata frita, mesmo que as maiores sejam baratas e façam parte do “combo”. Não caia na conversa: “Por mais apenas R$0,50 você leva a batata maior.” A porção grande de batatas tem 412kcal e a pequena 206kcal (a metade).

Opte pelos sanduíches de hambúrguer bovino menores, ou os de frango, que não sejam empanados, pois tem menor quantidade de gorduras saturadas, trans e colesterol.

Troque o refrigerante por um suco, e mesmo assim, procure pedir o copo pequeno, pois os sucos tem muito açúcar ou opte pelo natural.

Na pizzaria:

Prefira as pizzas de verduras como brócolis, escarola, abobrinha, fundo de alcachofra, berinjela, rúcula e palmito. Elas são muito saborosas e menos calóricas. Vale lembrar que nada de pizza de brócolis com bacon!

Tente comer de um a dois pedaços. É o suficiente para matar a fome.

Fuja dos refrigerantes, opte por água ou suco natural sem açúcar ou adoçante.

No Barzinho:

Troque a caipirinha por uma taça de vinho branco. Um copo de caipirinha tem 300kcal, enquanto uma taça de vinho branco tem 74kcal.
Troque as porções de batata frita, linguiça frita, polenta frita, etc. por um lanche quente. Os sanduíches nos barzinhos são muito gostosos e bem menos gordurosos que as frituras!

Posted in Alimentação Saudável, Educação Alimentar | Tagged , , , , | Leave a comment

Trocas Inteligentes

Muitas vezes pequenas atitudes fazem a diferença! Na alimentação é a mesma coisa, pequenas trocas podem ajudar e muito a emagrecer ou manter o peso.

Confira!

 

 

Troque…

  • Arroz branco, pelo arroz integral
  • Leite e iogurtes integrais, pelos desnatados
  • Pão feito com farinha branca, pelos pães feitos com farinha integral
  • Bolachas recheadas por bolachas sem recheio e integrais
  • Legumes enlatados por legumes e verduras “in natura”
  • Cereais matinais com açúcar por uma bela granola
  • Batata frita ou purê com manteiga por batata assada ou cozida
  • Queijos amarelos por queijo branco
  • Peixes empanados por peixes ensopados, assados ou cozidos
  • Carne bovina mais gordurosas (picanha, cupim, costela, fígado, carne seca, contra-filé) por carne bovina com menos teor de gordura (patinho, lagarto, coxão mole, alcatra, fraldinha)
  • Linguiça, salame, copa, patê de fígado e presunto por blanquet de peito peru, chester, peito de peru e patê de ervas
  • Molhos brancos e de queijos por molho com pedaços de tomate
  • Sorvete de massa por um delicioso sorbet ou picolé de frutas
  • Torta de frutas pela fruta

 

 

Posted in Alimentação Saudável, Educação Alimentar | Tagged , , , , | Leave a comment